Técnicos da Secretaria Estadual de Saúde realizam palestra no condomínio

IMG 2991

Foi realizada, no dia 13 de abril, no auditório do Flamengo Park Towers, uma palestra com técnicos da Divisão de Controle de Vetores, órgão que faz parte da Vigilância Ambiental em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro. O tema do evento foi  a prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Durante a apresentação, o técnico da Secretária Estadual de Sáude Anselmo Luiz da Costa mostrou dados técnicos da epidemia de dengue, zika e chikungunya no Rio de Janeiro.  Além disso, apresentou  a campanha “10 minutos Salvam Vidas”, indicando medidas necessárias para eliminar os possíveis criadouros do mosquito para os funcionários e condôminos presentes. Ele ressaltou a importância de iniciativas como palestras e debates em setores privados:

– É uma iniciativa muito boa. Demonstra a preocupação de diversos setores da sociedade com relação a esse problema grave que estamos enfrentando em nosso estado e em todo o país.  Os funcionários aqui presentes serão multiplicadores e levarão informações importantes para sua residência, familiares e amigos. Se todos tivessem essa iniciativa, os índices diminuiriam bastante. – afirmou Anselmo.

Após a apresentação, os agentes se reuniram com o grupo gestor responsável pelo combate ao Aedes no Flamengo Park Towers e fizeram um inspeção completa em todas as dependências do condomínio para encontrar possíveis focos do mosquito. O grupo gestor recebeu todas as instruções necessárias e pretende executar ações preventivas e de conscientização permanentes.

Campanha 10 minutos salvam vidas

Você sabia que com apenas 10 minutos por semana você pode afastar o perigo da dengue, chikungunya e zika?

O mosquito vive dentro de nossas casas. Para garantir a saúde de sua família e de sua comunidade, basta fazer uma checagem de cerca de 10 minutos nos locais onde ele costuma colocar seus ovos.

Esta rotina tem que ser semanal, pois este é o período que o Aedes aegypti precisa para se desenvolver e passar da fase de ovo para a fase de mosquito adulto.

Por que uma vez por semana?

O ciclo de vida do Aedes aegypti da dengue, do ovo até a fase adulta, leva cerca de 7 a 10 dias. Se a verificação e eliminação dos criadouros forem realizadas uma vez por semana, podemos interromper o ciclo e evitar o nascimento de novos mosquitos.

Faça aqui seu checklist.